Push Pull

push_pull

Somos impulsionados por fatos e, normalmente, eles nos levam a reações. Para uns, a reação é instantânea, porém o risco da impulsividade, muitas vezes, é estarmos cegos ou surdos. O ideal é analisarmos cuidadosamente, com certa agilidade, porém sem atropelos, e com a mescla da emoção e razão, em busca do equilíbrio, partindo para as atitudes e decisões.

Hoje as empresas através do RH, através de psicólogo, através de ferramentas, conseguem avaliar os profissionais com monitoramento e direcionamento. Desta maneira, existe a oportunidade para mudanças, para adequações, impactando na produtividade e em resultados positivos.

Jogo de cintura é outro ponto a ser considerado, sem falar na visão para o Plano B.

decisoesTemos que partir do princípio de que tudo muda, tudo pode ser diferente de uma hora para outra, por um ápice de situações não controladas ou mal administradas, por reações do mercado, da economia, do externo, portanto ficar atento, enxergar, ouvir e reagir são quesitos fundamentais para nossas responsabilidades.

Como fazer para corresponder a expectativas? Fácil, as vias “sinceridade, transparência e respeito por si próprio” são o começo de tudo. Este início reflete no que vem adiante como um efeito dominó. O próximo o respeitará havendo uma troca e o repasse.

Podemos e devemos ser sonhadores, mas para tal, por trás disso, a estratégia, o planejamento, as ações devem estar previstas, desenhadas como um mapa, uma trilha a ser seguida, pois, sem isso, podemos nos perder no meio do caminho e levar mais tempo para acharmos a saída.

Levando este raciocínio para o trabalho, é indispensável a disciplina, o foco.

Como lidar com tudo isso num ambiente competitivo, com pessoas que pensam diferente de você, com insights e movimentos ora para cima, ora para baixo? Como lidar com os altos e baixos? Enfrentando com coragem, com força, com fé, com honestidade e clareza.

Esse é o dia a dia para todos nós, uma vida cheia de coisas lindas, gostosas, emocionantes mescladas com dificuldades e desafios, mas tudo deve ser encarado como uma oportunidade, sabendo que ora seremos derrotados, mas ora seremos os vitoriosos!

Silvia Pedroso
Gerente de Operações
https://www.facebook.com/silvia.pedroso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>