A batalha entre NFC e o iBeacon

Sabe-se que os smartphones estão proliferando e substituindo rapidamente os telefones celulares convencionais – os smartphones responderam por 51,8% da venda global de telefones celulares no segundo trimestre de 2013, superando as vendas de feature phones (como são conhecidos os celulares sem funções multitarefa). Este é um novo mundo, onde todas as oportunidades convergirão para o nanocomputador que funciona nos smartphones. Porém, o final do ano de 2013 anunciou uma forte tendência: a tecnologia vestível.

Seja através do Google Glass e seus futuros concorrentes, os smartwatches, braceletes, joias e até tênis, o consumidor vestirá dispositivos que se comunicam e transmitem/recebem dados, inclusive junto ao poderoso smartphone do usuário. Uma das tecnologias que proporcionarão esta integração da tecnologia vestível e dos smartphones provavelmente será o NFC.

iBeaconAinda muito embrionário no Brasil, o uso do NFC é muito conhecido pelas transações bancárias que tecnologias como o Square e o Google Wallet permitem – no Brasil, alguns bancos já estão realizando seus testes, mas questões de segurança e integração de interfaces ainda atrasam seu lançamento massivo, embora o PagSeguro já esteja comunicando sua tecnologia NFC para m-payment. Porém, o NFC serve para muito mais funcionalidades que o m-payment, abarcando toda e qualquer transferência de dados de um aparelho a outro (desde que, claro, ambos tenham a tecnologia NFC). Pode ser entre smartphones, tecnologia vestível, máquinas fotográficas, câmeras de vídeo, eletrodomésticos, veículos, catracas, vending machines e o que mais puder possuir esta tecnologia.

Tempos atrás foi realizada uma ação interessantíssima que uniu NFC a uma causa social, da Grabarz & Partner para a World Food Programme – assista aqui. São iniciativas assim que auxiliam na mesclagem do mundo físico ao digital, criando a verdadeira experiência phygital que certamente fará parte do futuro.

Uma ação 100% eficaz e impactante foi realizada pela agência iThink na forma do Vivo Pass, proporcionando experiências com a marca de intensidade tal que certamente servirá de inspiração para outras iniciativas no uso do NFC no Brasil. Assista clicando aqui.

Mesmo com tanta popularidade atualmente, a Apple decidiu ir na contramão e lançou em 6 de dezembro do ano passado o iBeacon, tecnologia de transferência de dados via Bluetooth LE (low energy) para proporcionar a experiência de phygital em locais de venda ou experiência cultural. Um dos novos usuários do iBeacon é o app Estimote Beacon, compatível com o iBeacon, e o outro é o app Shopkick. Esta tecnologia da Apple estará presente em todos os aparelhos com iOS 7 e versões posteriores.

O Mobile Marketing vem crescendo cada vez mais, com diversos sistemas operacionais para smartphones, tecnologias vestíveis de diversos formatos e as mais diversas formas de conexão de dados, como SMS, bluetooth, infravermelho e outras. O NFC já vem mostrando resultados admiráveis e talvez se torne a tecnologia consolidada para a conexão phygital do futuro próximo – isso, se o iBeacon realmente não pegar.

 

Henrique Santos – Coord. de Planejamento Rae,MP

Twitter: @HenriqueRenMKT